domingo, 18 de março de 2018

Delícias de Paraibuna

Já contei AQUI sobre as curiosidades e delícias de Paraibuna e hoje voltei lá porque estava com desejo de comer o Pastel do Manezinho.
Dessa vez, ao invés de comer no Mercado, que fica bem ao lado, fui no ninho deles. Fica numa casinha bem ao lado do mercadão. 
 A gente não dá nada, vai entrando, passa por dentro da casa e chega no fundo onde fica o maior movimento.
Chega a ser engraçado pois é esquisito ir entrando assim na casa dos outros.
Dona Terezinha, que esteve no programa da Ana Maria, junto com outras três irmãs e genros, dão duro ali para dar conta do movimento. Fritam na hora o delicioso pastel cuja receita é guardada a sete chaves pelas quatro irmãs. 
Será que no programa ela deu a receita certa? De qualquer forma eu não consegui entrar no link do Mais Você onde dariam a receita.
O pessoal pede tipo uns três por pessoa, sem medo de ser feliz. Aliás, custa R$ 3,00. 
Gente, é muito bom. Olhem só essa massinha! 
E que beleza esse tabuleiro cheinho deles!
Paraibuna é muito simpática. Sempre vejo alguém a cavalo, acho tão legal.
Gosto de lugares que ainda tem casas com alpendre.
E lá tem ainda alguns prédios bem antigos.
No Mercado, aos domingos, é o maior movimento.
Rola uma autêntica moda de viola. 
O pessoal gosta tanto que hoje até vi homem com homem dançando. Estavam tão felizes que nem se deram conta.
Tem uns que capricham no visual. Olhem só esse chapéu!
Muito chique essa casinha de passarinho que vi lá no mercado perto do palco. Que trabalho bem feito!

Recanto Santa Barbara- Jambeiro

Eu jurava que já tinha contado aqui sobre esse lugar tão gostoso. Fica na Tamoios, indo para a praia. Para quem está entediado no fim de semana é um passeio na medida, a 15 minutos de São José dos Campos.
Para começar, é um lugar muito bonito para eventos como casamento.
Dei sorte de um dia ver o local todo arrumado para tal.
Lá é muito legal para crianças pois tem um parquinho bem interessante e quase radical. Antes tinha até uma tirolesa e pedalinhos. Eles estão sempre mudando e reformando. Muito bom.
 Tem uma lojinha de artesanato de primeira linha.
Só coisa boa mesmo, cerâmicas lindas, brinquedos artesanais, coisas bem diferentes.
Eu sempre que posso vou lá para comprar um pão alemão de centeio na "mercearia". Tem congelado e fresco.
É outro lugarzinho tentador, só tem coisas muito especiais também. Esse molho suíço é uma delícia.
Dá para tomar uma cerveja no quiosque forrado de palha admirando o lago e a mata ou ainda comer no restaurante. Na data de hoje estava R$ 58,00 por pessoa. Costumam servir pato, um prato nem sempre fácil de se encontrar por aqui. Recomendo ligar lá antes para saber qual o prato especial do dia.
Para acabar de matar ainda tem um café com tortas integrais deliciosas.
Mas o que eu gosto mesmo é de passear na beira do lago para ver os gansos. Repare nas árvores cobertas com "barba de véio"!.
São muitos e eles ficam num canto tão bonito.
Tem que chegar em silêncio, devagar, senão eles vão embora.
 A mata tem árvores imensas e tem uma grande variedade de borboletas. É de chamar a atenção.
Saindo dali, passe em Paraibuna! Aposto que você não vai resistir depois de ler  post que fiz AQUI. Foi o mais lido do meu blog, ever. 

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Niteroi

Legal quando a gente tem a oportunidade de conhecer uma cidade nova com gente que foi criada ali. 
Entendi a razão do pessoal de Niterói ter tanto orgulho da cidade. Para começar, realmente, tem-se de lá a melhor vista do Rio de Janeiro, de vários pontos da cidade.
Praia de Icaraí - Niterói
A proximidade com o Rio de Janeiro também facilita demais, só pegar uma das barcas ou a ponte que em instantes você está no seu boteco predileto, ou no trabalho rsrsr.
No nosso caso, fomos ao Bar Urca, Patrimônio Cultural Carioca, de 1939. Mais tradicional impossível. A moçada fica em frente, na mureta, vendo o por do sol e depois noite a dentro.
Outra coisa que achei excelente em Niterói  é que todos os ônibus tem ar condicionado, todos mesmo. Não é nem luxo, hoje em dia, é uma caridade com as pessoas, não é?
Fiquei no apartamento de uma amiga na Praia de Icaraí que tem essa vista linda. Ficar na varanda contemplando a vista é meio hipnótico, acompanhar as nuvens cobrindo e descobrindo o Cristo Redentor, os aviões decolando, as barcas passando, o bondinho no Pão de Açúcar subindo e descendo, o pessoal caminhando no calçadão. Adorei.
O Museu de Arte Contemporânea , com sua arquitetura complexa, é impressionante de qualquer ângulo. O projeto estrutural é do engenheiro Bruno Contarini, que já trabalhou com Oscar Niemeyer. 
Os números da obra são impressionantes. Podem ver mais detalhes aqui nesse site.
Meus amigos, com saudades dos tempos de infância, fizeram questão de rever o prédio onde moraram que fica perto da Igreja de São Francisco Xavier . 
Fundos da Igreja
Ela foi erguida como capela em 1572 por José de Anchieta com o auxílio dos índios aliados de Araribóia. Fica entre as praias São Francisco e Charitas.
De lá a vista é muito especial.
Fomos nadar no fim de tarde na Praia de Itacoatiara. 
Que lugar lindo!
Outro dia fomos no restaurante Maria da Praia bem em frente ao mar, na Praia Piratininga.
Restaurante Maria da Praia - Niterói
 Muito agradável, música ao vivo e comida deliciosa. 
Mercado São Pedro - Niterói
Não podia deixar de conhecer o mercado de peixes! É de dar água na boca!Tudo que eu gosto de comer num único lugar, tudo fresquinho. 
Na parte de cima do Mercado São Pedro tem uns restaurantes onde você pode pedir para fazerem o peixe que você comprou embaixo. 
Outro programa imperdível é ir no Caneco Gelado do Mario.
Para quem não conhece, impossível adivinhar que por detrás do balcão sempre lotado existe um restaurante com três salões, um deles bem grande.
 Fiquei impressionada com a quantidade de funcionários e o movimento no balcão direto na rua. 
Caneco Gelado do Mario
O carro chefe ali são as empadas e o bolinho de camarão. O Mario, português, é uma simpatia e cuida de tudo o tempo todo. Ele também cozinha até hoje. Esse peixe frito pouco fotogênico se chama Perua e é maravilhoso!! Só agora vi quantos pratos experimentamos rsrsr. Tudo muito bom.

Igualmente bom pela comida e bem mais bonitinho é o Seu Antônio, um restaurante também de um português que não conseguimos comer por causa da fila que lá é um caso sério, tem que ir bem cedo.Todo mundo  recomenda.